Melhores Vinhos
Melhores Vinhos

Faz séculos que os vinhos são consumidos em todo o planeta, tendo até um valor simbólico para algumas religiões e crenças.

Sendo assim, com o crescimento tecnológico esta bebida vem ganhando novas formas de produção e diversos detalhes que mudam totalmente seu sensorial.

O mercado está repleto de opções, tendo vinhos nacionais e internacionais das mais diferentes uvas, safras e tipos de colheita.

Os melhores vinhos, portanto, são aqueles que possuem uma textura encorpada em sabor e aromas, além de apresentar notas evidentes que demonstram um bom tratamento ao produto.

Diante disso, preparamos um guia completo sobre os melhores vinhos deste ano. Continue a leitura e tire suas próprias conclusões!

Quais os Melhores Vinhos 2021

O vinho é uma bebida à base de uvas fermentadas, do qual o processo fundamental consiste na colheita do fruto, extração do mosto, fermentação, clarificação, armazenamento e envase.

Cada um dos processos citados acima pode apresentar variações, desde o tempo de envelhecimento até a colheita e a uva utilizada, conferindo sabores e aromas totalmente únicos ao produto final.

Há vinícolas em vários locais do mundo atualmente, inclusive no Brasil onde a região Sul é a mais conhecida. Confira também a nossa lista de melhores Vodkas do mercado!

Todavia há um movimento crescente nos últimos anos no Cerrado que vem obtendo bons resultados, sobretudo pelo clima local que influencia positivamente as intensidades destas bebidas e que merecem a sua atenção.

Logo abaixo, você irá conferir uma lista com os top 10 vinhos de 2021. Acompanhe:

Vinho Casillero Del Diablo Malbec Concha y Toro

O vinho Casillero Del Diablo é um daqueles vinhos facilmente encontrados nos bons mercados e o seu maior diferencial é o preço acessível.

Feito à partir de uvas Malbec, o resultado é uma degustação agradável e com textura robusta. Isto se dá por sua alta concentração de sabores e teor alcoólico encorpado de 13,5%.

O volume de 750 ml é padrão e possui um rendimento agradável para o consumo de duas pessoas, ou seja, se você pretende realizar um jantar romântico não tenha dúvidas sobre a compatibilidade desta versão.

Sua produção é efetuada no chile pela vinícola Viña Concha y Toro que, no que lhe diz respeito, possui diversos prêmios tanto no país de origem quanto internacionalmente.

O envelhecimento deste vinho passa por 8 meses de armazenamento em carvalho de origem norte americana, que confere notas amadeiradas e elegantes.

Deste modo, o consumo mais adequado é em harmonia com queijos e outras preparações salgadas com alto grau de condimentos, além de carnes vermelhas assadas ou guisadas. Neste último caso, é interessante utilizar a bebida durante a marinada da proteína ou ainda na composição do molho!

Suas notas de degustação mais evidentes são: morangos, cerejas e framboesas, além do cítrico proveniente da uva Malbec.

Prós
  • Ótimo custo benefício;
  • Harmonização descomplicada;
  • Bebida encorpada;
  • Aromas e sabores intrigantes;
  • Tipo tinto;
  • Rendimento ideal para duas pessoas;
  • Vinícola amplamente premiada;
Contras
  • Pouco tempo de maturação.

Vinho Reservado Carmenere Concha y Toro

Outro vinho chileno da Concha y Toro que possui uma alta relevância entre as versões de baixo custo é o Reservado Carmenere.

O excelente custo benefício faze deste vinho um dos mais vendidos do Brasil na categoria de importados. Sua produção com base em uvas do tipo carmenere acentua as principais notas adocicadas, além de contribuir para um tanino leve.

A coloração vermelho marcante ocorre por conta da maturação na presença das cascas. A concentração de álcool resultante é de 12,5%, ou seja, a bebida é bem fácil de beber e agrade grande parte dos brasileiros que preferem um vinho mais suave.

Seu volume total de 750 ml é ideal para dividir entre duas pessoas, ou no máximo três, pois devido à sua leveza é impossível parar na primeira taça! Saiba também quais as melhores marcas de Gins disponíveis!

Posto isso, orientamos uma harmonização focada hein preparações mais leves e com pouca gordura. Massas com molhos bem ácidos se dão bem com o Reservado Carmenere Concha y Toro. Ademais, alguns petiscos e snacks amargos podem fazer toda a diferença na harmonia de sabores por contraposição.

Prós
  • Muito barato;
  • Suave no paladar e com pouca adstringência;
  • Harmoniza bem com alimentos ácidos e salgados;
  • Retrogosto suave;
  • Fácil de beber;
  • Compra confiável;
  • Coloração acentuada;
  • Tanino leve.
Contras
  • Sem detalhes adicionais.

Vinho Pata Negra Oro Tempranillo

Seguindo na mesma faixa de preço, chegamos ao vinho espanhol Oro Tempranillo Pata Negra.

Sua embalagem elegante já demonstra a qualidade e a confiabilidade desta marca. Caso você queira um vinho para consumo diário, então essa versão tem tudo o que você precisa, pincipalmente por não precisar de um acompanhamento.

A facilidade da ingestão acontece em razão da suavidade do tanino, portanto se você iniciante neste consumo o Pata Negra Oro Tempranillo é o mais indicado.

A uva tempranillo bem ácida, porém com o pouco tempo de maturação (6 meses) em barricas de carvalho francês, a bebida agrega um dulçor interessante.

A cor rubi proveniente da casca do fruto contribui para um tinto suave e brilhante com aromas pouco robustos. Neste contexto, sirva entre as temperaturas de 15 a 18 °C.

Por fim, combine com carnes vermelhas magras, massas e queijos com pouco tempo de maturação.

Prós
  • Preço atrativo;
  • Harmoniza com carnes, massas e queijos;
  • Bebida suave;
  • Com notas cítricas e doces;
  • Bom rendimento;
  • Fácil de servir;
  • Maturação em carvalho francês;
  • Embalagem elegante.
Contras
  • Pouco tempo de maturação.

Vinho Tinto Villa Antinori Toscana

Após tantas opções básicas, já estava mais do que na hora de trazer uma versão premium, não é verdade? Nesta perspectiva, o quarto lugar de nosso ranking é ocupado pelo vinho Villa Antinori Toscana.

Seu preço elevado é totalmente condicente com suas qualidades, portanto prepare o bolso! Aliás, este vinho é aclamado em diversos países e conta com muitos prêmios em seu currículo. Descubra também quais as melhores marcas de whisky a venda no Brasil.

Este vinho italiano tinto é fabricado mais especificamente na região da Toscana, na vinícola chamada Villa Antinori, uma empresa clássica e que está presente no mercado desta modalidade há séculos.

A produção é feita com um mix de uvas que conferem aromas exclusivos, são as principais: Cabernet Sauvignon, Syrah e Sangiovese. Tal combinação atribui ainda notas que remetem à frutas do bosque e especiarias.

Pelo alto custo, o volume de 750 ml deixa um pouco a desejar, podendo ser apreciado por até 3 pessoas. Sua textura encorpada, com tanino médio e toque seco são decorrentes do teor alcoólico potente de 13%.

São outros detalhes do vinho Villa Antinori Toscana: safra de 2016, embalagem clássica e bonita, e fácil harmonização (carnes vermelhas e massas com molhos ácidos e condimentados).

Prós
  • Ótima safra;
  • Harmonização facilitada;
  • Bebida encorpada;
  • Marca reconhecida mundialmente;
  • Terroir acentuado;
  • Aromas e sabores peculiares;
  • Mix de uvas;
  • Tipo tinto com toque seco.
Contras
  • Muito caro;
  • Rendimento poderia ser maior.

Vinho Branco Monte Velho Herdade do Esporão

Para quem aprecia um bom vinho branco, trouxemos para análise um modelo português chamado Monte Velho da Herdade do Esporão.

Seu preço acessível combina plenamente com a qualidade do produto elaborado pelos níveis mais eficientes. Essa, portanto, é a melhor escolha em custo benefício entre os vinhos brancos deste ano.

A harmonização se dá facilmente com peixes e frutos do mar salteados e ainda com frango ou massas brancas. Seu corpo médio e acidez pronunciada é capaz de combinar com frituras e alguns tipos de queijos por contraposição.

Sua degustação é marcada por notas aromáticas que lembram frutas amarelas e limão siciliano. Com isso, use e abuse deste vinho nos dias mais quentes de verão, em churrascos ou em piqueniques.

O vinho Monte Velho Herdade do Esporão conta ainda com os seguintes detalhes secundários: produção à base de um blend de uvas verdes, volume de 750 ml e não contém glúten.

Prós
  • Ótimo custo benefício;
  • Alto rendimento;
  • Harmonização com peixes, frango e massas;
  • Retrogosto suave;
  • Notas cítricas com adstringência intermediária;
  • Corpo médio;
  • Aroma frutado;
  • Mix de uvas verdes;
  • Perfeito para os dias mais quentes do ano;
  • Não contém glúten.
Contras
  • Pouca robustez.

Vinho Tinto Seco Reserva Tannat Aurora

Gosta de um vinho seco? Então o Reserva Tannat Aurora é o melhor neste quesito dentro da categoria dos vinhos tintos.

Esta é uma alternativa em conta no valor por ser uma produção nacional, mais especificamente no sul do país, de onde vêm os vinhos mais tradicionais.

A uva do tipo Tannat agrega muitas notas aromáticas e, acima de tudo, um tanino robusto que completa o equilíbrio perfeito desta bebida. Não deixe de conferir também quais as melhores marcas de poli vitamínicos à venda no mercado.

Ele é da safra de 2018, portanto tal envelhecimento já produziu excelentes aromas evidentes, que remetem ao carvalho da maturação, grãos de café (retrogosto), especiarias e frutas vermelhas.

Além do mais o Reserva Tannat é um dos mais premiados da Aurora, e por isso conta com um grande número de vendas nos últimos anos, sendo assim, uma compra confiável em qualidade.

Para harmonizar, basta uma mesa de frios com queijos salgados e com alto teor de gordura. Aliás, frios com toques defumados e umami também vão muito bem com este fermentado seco.

Já o modo correto de serviço demanda um cuidado maior, ou seja, a recomendação do fabricante é aguardar uma decantação na vertical por aproximadamente meia hora, e na sequência servir aos convidados, porém lembre-se de mantê-lo em temperatura ambiente.

A concentração alcoólica de 12,5 % caracterizam um líquido encorpado e robusto, porém que exige gostos mais refinados para consumi-lo, principalmente pelo retrogosto fortemente adstringente.

Prós
  • Custo atrativo;
  • Bom rendimento;
  • Vinho seco nacional;
  • Uva Tannat;
  • Alto concentração de álcool;
  • Harmonização embutidos e queijos fortes;
  • Retrogosto suave;
  • Textura encorpada;
  • Aroma cítrico;
  • Retrogosto fortemente adstringente;
  • Não contém glúten.
Contras
  • Serviço exige cuidados.

Vinho Tinto Kumala Merlot/Pinotage e Cabernet/Shiraz

Na sétima colocação desta lista, temos um vinho sul-africano conhecido em todo o mundo por sua qualidade e terroir muito bem definido da linha chamada Kumala.

O maior diferencial é que sua venda geralmente é feita em kits, portanto caso você possa gastar um pouco mais, opte pela compra deste conjunto com dois vinhos semelhantes e que diferem-se somente pelo tipo de uva.

O primeiro apresenta um mix com a uvas Merlot e Pinotage que conferem notas mais adocicadas, enquanto a versão de uvas Cabernet e Shiraz contam com sabores voltados para uma acidez elevada.

O volume de 750 ml é adequado para dividir em até 3 pessoas e as embalagens contam com um design muito bonito.

Sua produção é feita na cidade do cabo, mais especificamente nas famosas vinícolas aos pés da Table Montain, a montanha mais conhecida da África do Sul, onde também há um clima tropical e úmido que conferem características únicas à bebida.

Este vinho é um daqueles modernos desde a colheita até fabricação, portanto seu custo é um pouco mais alto do que as versões convencionais.

Entre suas notas de degustação mais evidentes, estão: frutas vermelhas, ameixas frescas e especiarias. Para uma harmonização perfeita, foque em carnes vermelhas mais tenras, como o cordeiro e alguns cortes suínos.

Prós
  • Ótimo rendimento;
  • Corpo médio;
  • Tipo seco;
  • Embalagem bonita;
  • Produção moderna;
  • Importado da África do Sul;
  • Safra 2016;
  • Opções em kits;
  • Teor alcoólico suave;
  • Harmonização com carnes vermelhas e de caça;
  • Mix de uvas vermelhas;
  • Não possui glúten.
Contras
  • Custo elevado.

Vinho Tinto Seco Origem Casa Valduga

A Casa Valduga é uma das vinícolas mais tradicionais do Brasil situada em Vale dos Vinhedos em Bento Gonçalves. Portanto, para quem quer experimentar uma de suas criações mais conhecidas, indicamos o vinho Origem.

Este vinho do tipo seco possui um corpo elegante e um retrogosto adstringente intenso. Por ser de uma safra do ano de 2017 os sabores já estão amplamente desenvolvidos e equilibrados.

O custo, por sua vez, é intermediário porém vale a pena o investimento tendo em vista as qualidades exclusivas deste produto. O frasco conta com um bom rendimento à partir do volume de 750 ml e uma embalagem clássica. Conheça também quais as melhores marcas de adoçante do mercado.

A uva Cabernet Sauvignon no teor alcoólico de 13,5 % gera um aroma frutado com um fundo de especiarias, que podem combinam com diferentes molhos para carnes e até mesmo para agregar sabor à risotos.

Ademais, seus detalhes secundários benéficos correspondem ao tanino com acidez média e a coloração intensa obtidas pelas cascas do fruto em questão.

Prós
  • Colheita e produção nacional;
  • Cor intensa;
  • Volume padrão;
  • Tipo tinto seco;
  • Sabores equilibrados;
  • Ótimo para uso em molhos;
  • Tanino com acidez média;
  • Aroma frutado;
  • Uva Cabernet Sauvignon.
Contras
  • Valor intermediário.

Vinho Rosé La Linda Malbec Luigi Bosca

Os vinhos do tipo Rosé estão cada vez mais ganhando o mercado nacional e por isso não poderia faltar uma versão desta categoria em nossa lista. Com isso, o La Linda Malbec Luigi Bosca é perfeito para pode gastar um pouquinho mais.

Este modelo possui origem na região de Luján de Cuyo, Mendoza na Argentina e utiliza uvas do tipo Malbec locais, porém sem nenhum tipo de maturação extra.

O teor alcoólico de 13,5 % é um pouco maior do que outros modelos da mesma categoria, no entanto o volume de 750 ml é ideal para servir para uma companhia especial.

Se o intuito é um jantar romântico, preze por uma harmonização adequada baseada em: peixes, frutos do mar, frango, canapés, anchovas, azeitonas e outros ingredientes ricos em sal.

Ademais, são outros aspectos exclusivos deste vinho argentino: temperatura de serviço em torno de 12 °C, safra de 2020, cor intensa, textura fluída, alto dulçor, notas frutadas de morangos e cerejas, aroma floral e embalagem moderna.

Prós
  • Ótimo custo benefício;
  • Alto rendimento;
  • Ideal para servir gelado;
  • Harmonização com peixes, frango e ingredientes salgados;
  • Aroma floral;
  • Uvas Malbec;
  • Bom rendimento;
  • Livre de glúten.
Contras
  • Preço alto;
  • Não possui maturação secundária.

Vinho Tinto Seco Merlot Reserva Miolo

Na conclusão deste ranking, apresentamos mais um vinho tinto seco de alto nível, neste caso o modelo Reserva Miolo.

O custo acessível fazem deste modelo uma boa opção para quem quer experimentar uma bebida de grande qualidade mas que não pode gastar muito.

Os 750 ml de volume é perfeito para dividir entre amigos, já que sua potência de sabor não permite um consumo tão elevado.

As uvas do tipo Merlot colhidas na região da serra gaúcha contribui para uma coloração intensa à bebida final, sendo o vinho mais antigo desta vinícola tão importante para o cenário nacional.

Para o consumo adequado, prefira uma temperatura fresca entre 14 °C e 16 °C, e prefira harmonizações com alimentos gordurosos tais como queijos, carnes untuosas, pizzas, massas e frituras.

Quanto ao sensorial, é válido citar os seguintes pontos: aromas de frutas vermelhas e de carvalho francês e americano (local de armazenamento), estrutura encorpada, retrogosto longo, e tanicidade média.

Prós
  • Valor acessível;
  • Produção e colheita nacional;
  • Tipo seco;
  • Uvas Merlot;
  • Tanicidade intermediária;
  • Combina com alimentos untuosos;
  • Retrogosto prolongado;
  • Estrutura encorpada;
  • Notas frutadas;
  • Maturação em barricas de carvalho;
  • Rendimento agradável.
Contras
  • Não harmoniza com carnes grelhadas.

Melhores Vinhos Custo Benefício

Após compreender quais são os melhores vinhos da atualidade, ficou bem evidente que para acessar uma versão de alta qualidade, muitas vezes o preço é bem elevado, não é mesmo?

Bem, para contornar tal problemática a forma mais eficiente é optar por um vinho com bom custo benefício. Comparando cada item de nosso ranking, o que mais se destaca neste quesito é o Casillero Del Diablo Malbec Concha y Toro.

Além do preço baixo, esse vinho tinto à base de uvas Malbec é facilmente encontrado em mercados e empórios. Sua origem chilena gera características únicas desde a colheita até a fabricação, onde a bebida é maturada em carvalho americano por 8 meses.

Deseja apreciar um vinho encorpado e fácil de harmonizar sem precisar investir muito, então o Casillero Del Diablo foi feito para você!

Melhor Marca de Vinhos

Atualmente, o mercado de vinhos no Brasil divide-se entre vendas de bebidas produzidas nacionalmente e versões importadas da Europa e de outros países da América do Sul, e além destes já existem variações que podem lhe agradar positivamente.

No geral, a marca que mais ganhou destaque no último ano foi a Miolo, com produtos voltados para os mais diferentes nichos, sem perder o nível de qualidade.

Como escolher os Melhores Vinhos?

Dentre tantos modelos disponíveis no mercado nacional, é obrigatório ter uma atenção especial aos detalhes para não errar na decisão final.

Atente-se, portanto, aos seguintes pontos de comparação: tipos, volume, origem, safra, teor alcoólico, estrutura e mais!

Tipos:

Além da definição entre vinho tinto, branco ou rosé que com certeza você já conhece e sabe diferenciar, há uma classificação que leve em conta o teor de açúcar do vinho.

Neste caso, o vinho pode ser suave ou seco. No primeiro caso, há um dulçor mais pronunciado que configura uma maior facilidade no consumo.

Já os vinhos secos são mais fortes e apresentam uma adstringência superior no retrogosto, sendo assim é necessário que você aprecie este detalhe marcante para esta modalidade. Vale ressaltar ainda que o açúcar presente nestas versões vem somente da uva utilizada.

Estrutura:

Tal aspecto irá ser decisivo para a experiência que você terá com o vinho. Isto posto, é possível encontrar bebidas com o corpo leve, médio ou encorpado.

Quando a estrutura é leve, o vinho geralmente é mais fresco e não passou por nenhum processo de envelhecimento, portanto pode-se sentir uma acidez pronunciada.

Enquanto isso, os vinhos de corpo médio normalmente já passaram por algum tempo de maturação (de 3 a 5 meses) e por isso os resultados costumam apresentar notas mais trabalhadas de sabor e aroma.

Por fim, os vinhos com estrutura encorpada são mais robusto em textura, porém são incomparáveis no quesito equilíbrio de sabores, no entanto também são os mais caros pelo tempo que passam maturando em barris.

Uvas:

Não é preciso nem falar o quanto a uva é importante para um vinho, não é verdade? Porém precisamos evidenciar a quantidade de modelos que existem atualmente.

Via de regra, as mais utilizadas são: Cabernet Sauvignon, Merlot, Carmenere, Syrah, Pinotage e a Tempranillo.

Origem e Terroir:

Seguindo a mesma linha do tópico anterior, precisamos avaliar um vinho de acordo com a região de origem, pois este aspecto juntamente com o clima local, irão influenciar diretamente no terroir do vinho.

Os países tradicionais e que vem se destacando nos últimos anos são: Itália, Brasil, Espanha, França, Estados Unidos, Argentina, Austrália, África do Sul e muitos outros.

Informações extras:

Na conclusão deste guia, temos ainda alguns dados secundários que precisam ser utilizados em sua comparação.

A safra do vinho deve ser analisada de acordo com as notas você deseja, mas sempre tenha em mente que quanto maior for o envelhecimento mais caro será o vinho. É possível encontrar versões de 1 ano até 5 ou mais!

Ademais, o teor alcoólico irá variar de 7% até 18%, com isso, saiba exatamente quais são as suas preferências de potência do álcool.

Por conseguinte, fique de olho nos níveis de tanino que irão ser diferentes de acordo com a uva utilizada na produção. No geral estes antioxidantes servem para preservar a qualidade do vinho, porém em altas concentrações podem agregar acidez exagerada e retrogosto adstringente.

Assim, caso você esteja em dúvidas, opte pela versão que apresente um maior número de características que combinem com seus gostos pessoais!

Melhores Vinhos
Melhores Vinhos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui